Casos Manuela e CBF expõem violência cotidiana que a mulher sofre no Brasil

O Brasil registrou em 2020 a morte de 1.338 mulheres, assassinatos praticados por companheiros, ex-companheiros ou pretensos companheiros. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Sonia Coelho, ativista da Marcha Mundial das Mulheres e a advogada Tânia Mandarino, membro do coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia, falaram sobre o aumento dos casos no país. Assista ao vídeo.

#CBF
#Mulheres
#Brasil

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

You May Also Like