Conde na TVT: Um Grammy na pandemia, com Cláudio Jorge

Cláudio Jorge é guitarrista, violonista, arranjador e produtor. É um dos mais aclamados e respeitados músicos brasileiros. Foi o vencedor do Grammy Latino em 2020, na categoria melhor álbum de samba, com seu “Samba Jazz, de raiz”. Fortemente ligado ao samba, atuou como violonista de compositores importantes da chamada “Velha Guarda”, tais como, Ismael Silva e Cartola. Mais Tarde participou de shows e gravações ao lado de outros veteranos como Nelson Cavaquinho e Clementina de Jesus.

Seu primeiro trabalho em disco como cantor e compositor aconteceu em 1980 na EMI-ODEON, e de lá pra cá tem tido suas composições gravadas por intérpretes importantes da MPB tais como: Emílio Santiago, Elymar Santos, ngela Maria, Joana, Élson do Forrogode, Alaíde Costa, Zeca Pagodinho, Elza Soares, Roberto Ribeiro, Zezé Mota, Jorge Aragão, Martinho da Vila, Joel Nascimento, Sivuca, Luiz Carlos da Vila, Arranco de Varsóvia e outros.

Algumas destas composições são de sua autoria letra e música, outras são parcerias com Cartola, João Nogueira, Aldir Blanc, Nei Lopes, Hermínio Bello de Carvalho, Ivan Wrigg, Ivor Lancellotti, Délcio Carvalho e Martinho da Vila. Dentre seus parceiros de composição figuram nomes como Nei Lopes, Luiz Carlos da Vila, Ivan Wrigg, Délcio Carvalho, Cartola, Ivor Lancellotte, Ivan Lins, Elton Medeiros, Martinho da Vila, Mauro Diniz, João Nogueira, Wilson das Neves, Sidney Miller, Arlindo Cruz e mais recentemente o poeta angolano Manuel Rui.​

Violonista requisitado, Cláudio participa de várias turnês no Brasil e exterior, além de atuar em inúmeras sessões de gravações nos discos de artistas como Sivuca, Martinho da Vila, Simone, Renato Russo, Ney Matogrosso, Leny Andrade, Roberto Ribeiro (do qual também foi produtor de um dos seus discos), Ismael Silva, Clementina de Jesus, Alcione, Leila Pinheiro, Fátima Guedes, João Donato, Lecy Brandão, Carlos Lyra, Beth Carvalho, Ivan Lins, Fundo de Quintal e João Nogueira.​

Das atuações internacionais, destacam-se as participações como violonista em gravações de Sérgio Mendes, Diana Warwick, Lisa Ono, e Sebastião Tapajós, além de ter músicas suas de seu disco “Coisa de Chefe” incluídas em coleções como “Carnival em Rio” do fotógrafo Terry George e de uma coleção infantil da Putumayo.

Inscreva-se no canal de Cláudio Jorge:
https://www.youtube.com/c/Cl%C3%A1udioJorgeOfficial

You May Also Like