Justiça política do Capital, com Grijalbo Coutinho e convidados

Live para o lançamento do livro “Justiça Política do Capital: A desconstrução do direito do trabalho por meio de decisões judiciais”, de Grijalbo Coutinho.

Resumo

Ativistas dos direitos humanos ou líderes sindicais certamente vociferam contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e suas decisões dos últimos anos, quase sempre contrárias à classe trabalhadora. Qualquer pessoa razoavelmente atenta também pode ter notado essa tendência. Para a abordagem acadêmica (ou científica, como se queira), entretanto, impressões não são suficientes. É preciso também demonstrar de modo consistente por meio da investigação e da reflexão crítica, com equações lógicas de sustentação, o uso da jurisdição do STF como instrumento de desconstrução de direitos dos trabalhadores. Neste livro, Grijalbo Fernandes Coutinho mostra como a mais alta corte de Justiça do Brasil, de modo sistemático, tomou o proletariado como inimigo de classe, arrasando suas conquistas históricas.Reginaldo Melhado, professor, magistrado e membro da AJD

Adquira o livro:

https://editorial.tirant.com/br/libro/justica-politica-do-capital-a-desconstrucao-do-direito-do-trabalho-por-meio-de-decisoes-judiciais-capa-dura-grijalbo-fernandes-coutinho-9786559081127

Convidados

Grijalbo Fernandes Coutinho é Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. Foi presidente da Associação Latino Americana de Juízes do Trabalho – ALJT e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho – ANAMATRA. Participa como palestrante e conferencista de diversos eventos internacionais e nacionais.

Deyvid Bacelar tem 41 anos. É coordenador geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP). Técnico de Segurança na RLAM, onde ingressou por concurso na Petrobras em 2006. Técnico em Segurança do Trabalho pelo CETEB. Graduado em Administração pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), com especializações em SMS pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) e em Gestão de Pessoas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), desde o início se destacou nos movimentos sindicais e comunitários.

Ana Paula Alvarenga Martins é Juíza do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 15a. Região, membra do Comitê para a Erradicação do Trabalho Escravo Contemporâneo e do Tráfico de Pessoas, da Discriminação de Gênero, Raça, Etnia e Promoção de Igualdade do TRT 15, membra da Associação dos Juízes para a Democracia (AJD), mestranda em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Professora da Universidade Mackenzie/SP.

Mauro Menezes é advogado. Graduado em Direito pela UFBA. Mestre em Direito Público pela UFPE. Sócio Diretor-Geral do Escritório Mauro Menezes & Advogados. Ex-Presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República (2016-2018); Membro Consultor da Comissão Nacional de Direitos Sociais do Conselho Federal da OAB (2000-2001 e 2013-2016).

Gustavo Conde é mestre em linguística pela Unicamp. Comunicador e jornalista, fundou o Canal do Conde, espaço em que apresenta lives e entrevistas voltadas à cena política e cultural do país. É membro honorário do Grupo Prerrogativas.

You May Also Like