Reforma administrativa traz a lógica da privatização em meio a pandemia do coronavírus

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, ontem, com 39 votos a favor e 26 contrários, o relatório da reforma administrativa (PEC nº 32/2020). A reforma é uma velha promessa de campanha do governo de Jair Bolsonaro e uma das principais bandeiras da equipe econômica, que vê nos gastos com servidores uma das principais causas do desequilíbrio nas contas públicas. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Fausto Augusto Junior, diretor técnico do Dieese, afirmou que a aprovação da reforma administrativa é a busca acelerada da privatização do estado e da transferência de boa parte dos serviços públicos para o setor privado. Assista ao vídeo.

#Dieese
#Pandemia
#RevormaAdministrativa
#Covid

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

You May Also Like